Artigos

A importância da agenda ESG nas escolas

10 de junho de 2022

Ao redor do mundo, empresas buscam melhores práticas ambientais e sociais direcionadas, muitas vezes, pela agenda ESG


O Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado anualmente em 5 de junho, tendo sido estabelecido em 1972 pela Organização das Nações Unidas (ONU), na Conferência de Estocolmo. A data tem como foco alertar a população global quanto aos problemas ambientais e quanto à necessidade de preservar os recursos naturais.

A partir da maior conscientização sobre o ecossistema e sobre o dever humano de protegê-lo, o tópico também foi incorporado pelo mundo corporativo. Hoje, empresas, no geral, consolidam compromissos de responsabilidade ambiental, demonstrando seu envolvimento ético perante a sociedade. Nos setores educacional e financeiro, o assunto cresce ainda mais, sendo exemplo a implantação da agenda ESG.

 

O que é a agenda ESG?

A agenda ESG (Environmental, Social and Governance) busca melhores práticas ambientais, sociais e de governança, guiando a ação de diversas organizações ao redor do mundo. Sua criação partiu de uma provocação do secretário-geral da ONU, Kofi Annan, a 50 CEOs de grandes corporações financeiras, destacando que os três pontos deveriam estar no mercado de capitais.

A cobrança por ações sustentáveis adquiriu uma força incontestável e crescente no século XXI, estendendo-se para campos que vão além do que apenas o meio ambiente em si. Assim, observamos uma mudança no comportamento do mercado, ainda muito recente no Brasil, mas que promete ser o futuro.

Alguns itens que podem ser abordados pela agenda ESG são:

  • relações estabelecidas com funcionários e fornecedores;
  • atuação para melhorar a sociedade como um todo;
  • tratamento e oportunidades oferecidas às minorias;
  • ações tomadas para garantir diversidade;
  • medidas de combate à corrupção e à fraude.

 

A agenda ESG nas escolas

Dentro das escolas, as pautas relacionadas a causas ambientais, sociais e de governança adquirem papel duplo: precisam estar na sala de aula, mas também nos princípios da instituição. No local de ensino, os educadores devem conscientizar os estudantes a respeito da saúde do planeta por meio de atividades, projetos e rodas de conversa. O objetivo é que as próximas gerações tenham a sustentabilidade inerente aos seus valores.

No quesito administrativo, as escolas devem se ater às temáticas ESG, garantindo que essas estejam presentes na organização prática. O exemplo dado aos alunos e ao corpo social precisa partir de uma movimentação interna.

 

Como a saúde financeira contribui para a agenda ESG na sua escola?

Em síntese, uma boa situação financeira contribui para que a instituição possa, de fato, dedicar-se à agenda ESG. Esse é a missão do Educbank: garantir o fluxo de caixa para as escolas parceiras, permitindo que os esforços sejam unicamente para questões educacionais, éticas e de compromisso socioambiental.

Leia também

O Educbank na mídia:

img
img
img
img
img
img
img
img
img
img
img
img